Blog do Téo José

Arquivo : setembro 2014

Programação e palpite para o GP do Japão
Comentários 14

Téo José

Suzuka2013O GP do Japão abre suas atividades de pista na próxima quinta-feira (2), com a primeira sessão de treinos livres marcada para às 23h (correspondendo às 11h da manhã de sexta-feira em Suzuka) e a prova deste fim de semana poderá ter a presença da chuva tanto nos primeiros treinos, quanto no domingo, dia da corrida.

A programação para a 15ª etapa do mundial de F1 é esta:

Quinta-feira (2)
Treino Livre 1 – 23h

Sexta-feira (3)
Treino livre 2 – 2h
Treino livre 3 – 23h

Sábado (4)
Classificação – 2h

Domingo (5)
Corrida – 3h

O meu palpite não muda, já sabem. E o seu? Quem ganha o GP do Japão?


Alonso tem futuro incerto
Comentários 12

Téo José

Alonso

Fernando Alonso define, nas próximas duas semanas, seu futuro. Hoje a bola está com ele. Devido a uma cláusula de performance no da equipe, no seu atual contrato, o espanhol tem a opção de ficar ou não na Ferrari. Os resultados ficaram abaixo do determinado pelo compromisso assinado.

Alonso já esteve conversando com a McLaren (que terá motor Honda em 2015) e também flertando com a Red Bull. Apesar de não estar satisfeito com suas atuais condições de competitividade, o mais certo neste momento é permanecer em Maranello.

Ele sabe muito bem como jogar e tem exigido mundos e fundos da Ferrari – principalmente a contratação de engenheiros e participação mas ativa nos futuros projetos. Isto não tem agradado os italianos, mas eles sabem que uma saída agora deixaria a situação ainda mais complicada. A escuderia se encontra em meio a uma reformulação na sua parte técnica e administrativa.

As cartas vêm sendo colocadas na mesa. E, na distribuição, a mão do espanhol está mais cheia.


Treino bom, corrida sonolenta
Comentários 32

Téo José

LewisHamiltonCin14.2Depois do treino de ontem esperava uma corrida bastante competitiva, com pelo menos seis pilotos na luta pela vitória. Infelizmente a máxima do treino é treino, jogo é jogo, foi aplicada. Para piorar Nico Rosberg teve problemas com sua Mercedes antes da volta de apresentação e abandonou. A corrida foi bem sonolenta e quase nada aconteceu. Lewis Hamilton venceu e se tornou o novo líder da temporada, com toda justiça. Felipe Massa terminou em quinto.

Escrever mais do que isto é jogar conversa fora e tomar o seu tempo que está nos lendo.

Só uma coisa, vai ser difícil segurar o inglês agora.

1 Lewis Hamilton – Mercedes, 60 voltas em 2h00min04s795
2 Sebastian Vettel – Red Bull, a 13s5
3 Daniel Ricciardo – Red Bull, a 14s2
4 Fernando Alonso – Ferrari, a 15s3
5 Felipe Massa – Williams, a 42s1
6 Jean-Eric Vergne – Toro Rosso, a 56s8
7 Sergio Perez – Force India, a 59s0
8 Kimi Raikkonen – Ferrari, a 1min00s6
9 Nico Hulkenberg – Force India, a 1min01s6
10 Kevin Magnussen – McLaren, a 1min02s2


Pole do Hamilton, mas Ferrari e Red Bull podem aprontar
Comentários 1

Téo José

Lewis

Carro bom é bom em qualquer pista. Foi o que vimos com a Mercedes em Cingapura. Mas, agora, terá duas equipes adversárias bem fortes pela frente. Pelo menos na corrida deste domingo. A Ferrari se deu bem em um circuito urbano, onde velocidade final não é tão importante. Com as características de seu chassi – e um motor com bom torque nas curvas de mais baixa velocidade -, se posicionou com Fernando Alonso em quinto. A Red Bull foi a maior surpresa, com Ricciardo em terceiro e Vettel no quarto lugar. Não esperava a equipe nestas posições e com tempos bem próximos.

É sintoma de mais disputas. Vamos ter no lugar de dois, cinco ou seis carros na luta pela vitória. Räikkönen, mesmo com problemas, ficou em sétimo e tem carro para fazer mais. A grande interrogação é o consumo de pneus. Se fala em três paradas – mostrando que o problema é, sim, preocupante.

Ritmo de corrida claro que é importante, mas em se tratando de pista de rua dá para se sustentar na frente mesmo sendo um pouquinho mais lento. Estou otimista em uma boa disputa amanhã e fica bem difícil apontar um favorito. Como Fernando Alonso estava muito tempo longe desta situação, deve estar com a motivação em mais de 100% e sabe que esta é a melhor oportunidade para vencer – o que não fez neste ano. É uma ótima aposta.

A Williams se recuperou na ultima parte do treino e colocou Felipe Massa em sexto com um bom tempo. Bottas vai sair mais atrás, em oitavo. Esta colocação do brasileiro foi mais um trabalho dele próprio do que o acerto do carro. É certo que melhorou, mas acho que vai sofrer com desgaste na prova.

Grid:

1. Lewis Hamilton – Mercedes, 1:45.681
2. Nico Rosberg – Mercedes, 1:45.688
3. Daniel Ricciardo – Red Bull, 1:45.854
4. Sebastian Vettel – Red Bull, 1:45.902
5. Fernando Alonso – Ferrari, 1:45.907
6. Felipe Massa – Williams, 1:46.000
7. Kimi Räikkönen – Ferrari, 1:46.170
8. Valtteri Bottas – Williams, 1:46.187
9. Kevin Magnussen – McLaren, 1:46.250
10. Daniil Kvyat – Toro Rosso, 1:47.362

Leia tudo no Amigos da Velocidade. Clique Aqui


A Indy vai acelerar na capital, na volta ao Brasil
Comentários 5

Téo José

FormulaIndyHoje aqui em Brasília foi anunciada de forma oficial e com detalhes a volta da Fórmula Indy ao Brasil. A corrida que abrirá o campeonato de 2015 será disputada no mês de março. O autódromo Internacional Nelson Piquet vai receber a prova por pelo menos cinco anos. Marusca Lima de Souza Holanda, presidente da Terracap, afirmou que uma reforma geral será feita em três anos e em várias etapas. A inicial deve começar até novembro e vai visar a etapa da Indy. O gasto, ao final de cerca de 36 meses será de R$ 300 milhões.

Claudio Monteiro, secretário de Turismo e projetos especiais do governo do Distrito Federal, disse que não existe um plano B para realização da corrida, devido ao pouco tempo, para as obras. Afirmou que tudo vai sair dentro do cronograma estabelecido e aprovado pela Indycar. O Presidente da categoria, Mark Milles, que também estava no evento, afirmou que confia nos prazos e trabalhos, apontando para o Estádio Mané Garricha e dizendo que foi construído em dois anos.

Marcelo Meira, Vice Presidente do Grupo Bandeirantes, confirmou que serão investidos mais de R$ 60 milhões na prova e que as negociações duraram cerca de um ano. Ainda deixando claro que o grupo estará a disposição para revitalizar o esporte a motor de Brasília.

Milles, disse ainda que o Brasil passa a ser peça chave no projeto de ampliação e internacionalização da Fórmula Indy. A expectativa é que cerca de 80 mil pessoas compareçam ao circuito candango, já no primeiro ano do evento.


Hamilton tem o melhor carro e é o favorito
Comentários 9

Téo José

LewisHamiltonale14.2Neste final de semana será realizado o GP de Cingapura da Fórmula 1. Muita gente falando que pelas temperaturas elevadas e umidade outros pilotos podem pensar em vitória. Pode ser, mas continuo pensando que os melhores até agora terão mais chances. O que poderia mudar o panorama seria pista molhada, o que não é difícil nesta corrida.

Em situação normal continuo apostando no Lewis Hamilton, por um simples motivo: está no melhor carro e é mais piloto que Nico Rosberg.

A mudança de comunicação da equipe com o piloto. Agora todos assuntos que possam ajudar o piloto na condução do carro estão proibidos. Como informações sobre telemetria e mudança em regulagens possíveis. O que mudará isto? No fundo acho que quase nada. No começo os novatos podem sentir um pouquinho, mas em três corridas vão se acostumar.

E pra você, quem é o favorito?

Esta é a programação do GP de Cingapura (horários de Brasília):

Sexta-feira (19)
Treino livre 1 7h00
Treino livre 2 10h30

Sábado (20)
Treino livre 3 7h00
Treino de Classificação 10h00

Domingo (21)
Corrida 9h00


Montezemolo fora da Ferrari
Comentários 8

Téo José

A Ferrari continua em processo de grandes mudanças. A maior delas foi conformada nesta quarta-feira. Luca di Montezemolo deixará de ser o presidente da marca no próximo mês – depois de 23 anos no cargo. Ele vai ser substituído por Sergio Marchionne, conselheiro do grupo Fiat Chrysler.

Sergio já vinha criticando a fase da equipe de Fórmula 1. No comunicado oficial, só elogios para Luca e agradecimentos. No fundo, o jejum do time de Maranello (a escuderia não vence desde 2007) e a montanha de dinheiro investida já estavam corroendo a situação do atual presidente.

Claro que as mudanças vão continuar. Existe o interesse na permanecia da dupla de pilotos. O que me surpreende porque Kimi Räikkönen não vem em uma boa temporada. Fernando Alonso foi procurado pela McLaren – que terá motores Honda em 2015 -, mas preferiu ficar. Na parte técnica e administrativa, novas cabeças vão rolar. O clima entre os funcionários é de muita incerteza.

Sempre fui a favor das mudanças. Mas não esperava uma de forma tão agressiva. Vejo que o caminho na Fórmula 1, agora, vai ser mais frio e focado em resultados a curto prazo. Montezemolo é um apaixonado pela equipe Ferrari, mais do que as outras funções com o departamento de automóveis da marca. Administrava muitas vezes com o coração. Esta será a modificação mais clara no time.


Hamilton deu continuidade
Comentários 63

Téo José

LewisHamiltonale14.2Lewis Hamilton venceu o GP da Itália, com Nico Rosberg em segundo. Felipe Massa voltou ao pódio com o terceiro lugar. Fez uma boa corrida. O pódio foi o primeiro do brasileiro após 26 corridas e um ano e quatro meses.

A prova foi apenas mais um capítulo da continuidade do fim de semana de Monza. Tudo dentro do previsto. Hamilton não fez uma boa largada, mas se recuperou e assumiu a ponta depois de um erro do seu companheiro. Bottas, terminou em quarto, devido a uma péssima largada, caiu para décimo e foi o máximo que conseguiu. Foi um dos destaques. Fernando Alonso quebrou.

Nenhuma novidade na Fórmula 1 atual. Como também não apareceu no anuncio da Williams, que como previsto vai continuar com sua atual dupla em 2015.

Não é desanimo, mas apenas uma constatação. A categoria precisa de mudanças, pelo menos uma conversa mais seria entre os envolvidos. Está tudo muito previsível e a Fórmula 1, sempre buscou melhorar o espetáculo, que nos fez apaixonar por esta modalidade. Hoje perde atrativos e interesse. Desde o primeiro treino de sexta, sabíamos o que iria acontecer. E foi assim.

Confira o resultado final do GP da Itália.
1 Lewis Hamilton –Mercedes, 53 voltas em 1h19min10s236
2 Nico Rosberg – Mercedes, a 3s175
3 Felipe Massa – Williams, a 25s026
4 Valtteri Bottas – Williams, a 40s786
5 Daniel Ricciardo – Red Bull, a 50s309
6 Sebastian Vettel – Red Bull, a 59s965
7 Sergio Perez – Force India, a 1min02s518
8 Jenson Button – McLaren, a 1min03s363
9 Kimi Raikkonen – Ferrari, a 1min03s535
10 Kevin Magnussen – McLaren, a 1min0s6s171

Confira a cobertura do GP da Itália no Amigos da Velocidade


Tudo dentro do previsto
Comentários 2

Téo José

S

A Fórmula 1 atual anda surpreendendo pouco. Quando a coisa é pra valer, mesmo, anda bem previsível. De um café no aeroporto de Campinas, onde faço conexão para Criciúma, via a pole da Mercedes. Aliás, só eu estava interessado. As outras quatro mesas estavam de olho em um segundo monitor com o canal Viva. Reflete bem o momento atual da categoria.

A Williams andar bem em Monza também era esperado. Isso pelas características do carro e, claro, do motor. O Mercedes é o melhor casando com o desenho do circuito. Bottas na frente do Massa também virou rotina e totalmente previsível.

Na corrida creio nos dois duelos. Pela vitória, entre Rosberg e Hamilton – também estou prevendo uma disputa mais calma nesse caso depois das ultimas conversas. Outro duelo pelo lugar no pódio entre os pilotos da Williams. Mas, vamos ficar de olho no Alonso que mesmo sem um grande carro costuma se superar. Porém, não terá missão nada fácil.

Veja a cobertura do GP da Itália no Amigos da Velocidade (Aqui).

Os melhores no grid em Monza:

1. Lewis Hamilton – Mercedes, 1:24.109
2. Nico Rosberg – Mercedes, 1:24.383s
3. Valtteri Bottas – Williams, 1:24.697
4. Felipe Massa – Williams, 1:24.865
5. Kevin Magnussen – McLaren, 1:25.314
6. Jenson Button – McLaren, 1:25.379
7. Fernando Alonso – Ferrari, 1:25.430
8. Sebastian Vettel – Red Bull, 1:25.436
9. Daniel Ricciardo – Red Bull, 1:25.709
10. Sergio Pèrez – Force India, 1:25.944


Mercedes clara favorita a vitória em Monza
Comentários 1

Téo José

LewisHamiltonCan14.1A Mercedes é a clara favorita para mais uma vitória na temporada 2014, neste fim de semana em Monza. O time alemão dominou os dois treinos livres desta sexta-feira (5) e mais uma vez sobrou na turma.

Na simulação de corrida feita no segundo ensaio livre, a Mercedes mostrou ter ritmo e velocidade de sobra. Quem apareceu bem também no treinamento da tarde foi a Ferrari, que colocou Kimi Räikkönen em terceiro e Fernando Alonso em quarto. A McLaren pode surpreender na classificação, uma vez que foi bem de manhã e apareceu com algum brilho no segundo treino, mas não deve repetir o mesmo desempenho na corrida.

Felipe Massa foi apenas o nono colocado e mais uma vez ficou atrás de Valtteri Bottas na briga interna da Williams.

Veja os dez primeiros do segundo treino em Monza
1 – Nico Rosberg (Mercedes) – 1min26s225 – 41 voltas
2 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 1min26s286 – 16
3 – Kimi Raikkonen (Ferrari) – 1min26s331 – 31
4 – Fernando Alonso (Ferrari) – 1min26s565 – 26
5 – Valtteri Bottas (Williams) – 1min26s758 – 34
6 – Jenson Button (McLaren) – 1min26s762 – 34
7 – Sebastian Vettel (Red Bull) – 1min26s762 – 27
8 – Kevin Magnussen (McLaren) – 1min26s881 – 44
9 – Felipe Massa (Williams) – 1min26s935 – 33
10 – Daniel Ricciardo (Red Bull) – 1min26s992 – 37