Blog do Téo José

Arquivo : agosto 2013

Montoya negocia volta para Indy
Comentários 8

Téo José

Juan Pablo Montoya não ficará na NASCAR para próxima temporada. A equipe Chip Ganassi quer um piloto mais especialista e com vitórias em circuitos ovais. Apesar de quase sempre estar entre os dez primeiros, em todas as provas, o time quer alguém que ande mais na frente. O colombiano não tem nenhuma intenção de andar em categorias na Europa. ele quer continuar nos EUA e, por isso, mira a Fórmula Indy.

Tem conversado com muita gente, principalmente a própria Ganassi e Andretti. Só que esbarra no mesmo problema da maioria dos pilotos: precisa levar patrocínio. Hoje diria que está mais próximo da Ganassi, que teria mais um carro, só que o acordo ainda está longe de ser fechado.

Sem duvida nenhuma seria um grande reforço para Indy. E para nós que gostamos de piloto agressivo, com espirito de vencedor.


O pau quebra e ninguém faz nada
Comentários 41

Téo José

Não de hoje, nem de ontem esta violência que vemos nos estádios do Brasil. É de quase sempre. O futebol, a maior diversão do brasileiro se tornou perigosa dentro e nas imediações dos estádios. Se falava muito em praças esportivas com estruturas ultrapassadas, falta de câmeras e um monte de besteira. Só nestes últimos 30 dias, tivemos: Sinalizadores no meio da torcida do Goiás, em Goiás e Flamengo, no Serra Dourada. Muitos sinalizadores na torcida do Corinthians no Heriberto Hülse, em Santa Catarina, no jogo entre Criciúma e Corinthians. Briga aberta ao lado do estádio Mané Garrincha, em Brasília, na partida Flamengo e São Paulo, com policiais assistindo tudo e nada fazendo. Domingo o pau quebrou em Vasco e Corinthians no mesmo Mané Garrincha.

Nestes últimos atos, no meio desses tais “torcedores”, Leandro Silva de Oliveira, que estava preso na Bolívia, com aquele grupo de corintianos. Não sei quem começou a briga e isto pouco importa, o que chama atenção é o ódio destas pessoas, que deveriam apenas estar preocupadas em se divertir e ver uma partida de futebol. DIVERSÃO!!!

Ficar aqui, escrevendo e escrevendo sobre o que estamos cansados de ver nos estádios e redondezas é besteira e cansativo, ficaria uma semana. Vou resumir. O que quero perguntar é:

Até quando?

O que as autoridades fazem para resolver esta situação?

Quando teremos leis especificas e punição para estes idiotas?

Quando vão parar com o blá, blá, blá e agir?

O futebol, nossa grande diversão, o maior produto de entretenimento do pais está sendo jogado no lixo, por culpa destas pessoas que mais parecem bichos e também das autoridades policiais, esportivas e políticas, que parecem postes.


Hélio com sorte
Comentários 6

Téo José

Will Power, da Penske, quebrou um jejum de vitorias de quase 16 meses e venceu o GP de Sonoma, disputado ontem, na Califórnia. Hélio Castroneves saiu do quinto lugar e terminou em sétimo. Scott Dixon, seu maior adversário na luta pelo campeonato, chegou a liderar, mas foi punido por se envolver em confusão dentro dos boxes.

Na saída de um pit stop acabou atropelando dois mecânicos da Penske, que trabalhavam no carro do Will Power. Terminou apenas em 15º. Tony Kanaan, com um carro pouco competitivo, punição e tática errada da sua equipe KV foi o 13º colocado. Helio agora é líder com 39 pontos de vantagem, faltando quatro provas para o final da temporada.

A punição é muito polêmica. Já que existe alegação do carro do Power não estar na área correta para o trabalho do mecânicos, por outro lado, existe acusação de falta de atenção do Dixon. O regulamento diz que em caso de um piloto no trabalho de box passar cima de qualquer equipamento ou mesmo atropelar pessoas, tem de ser punido.

Isto aconteceu. O que se discute é o posicionamento da turma da Penske. Por isso é uma questão de interpretação e a minha é que mesmo sendo uma manobra bem confusa, daria a punição.

No caso do Hélio, há duas visões. Uma que ele nas últimas onze provas sempre está entre os dez primeiros e lidera o campeonato nas últimas 11 corridas. Por outro lado, nas últimas seis só subiu ao pódio em uma. Vem tendo sorte, porque Dixon, vencedor de três das últimas cinco, já terminou sete depois da décima colocação.

Eu esperava uma prova melhor do Hélio, pelo que mostrou nos treinos livres. Já está abusando da sorte. Precisa voltar a vencer ou lutar mais perto pela vitória. Sim, está com sorte de campeão. Mas vai que vira. Por isso precisa melhorar seus resultados na pista e evitar ser atropelado na reta final.

Apesar de provas irregulares, vem ampliando a liderança. Mas um titulo se conquista também com resultados entre os primeiros e a arrancada do Dixon, mesmo com este resultado ruim, preocupa.

A próxima corrida é domingo, circuito de rua de Baltimore.


Sem chuva, Spa viu o esperado passeio do Vettel
Comentários 3

Téo José

Dois dias de treinos livres, muita expectativa pela chuva no domingo e Sebastian Vettel só precisou de cerca de mil metros para sair da segunda posição no grid e assumir a ponta, deixando para trás o pole Lewis Hamilton e o restante da turma. Em primeiro manteve seu ritmo normal e venceu, colocando quase 17 segundos em Fernando Alonso o segundo colocado. Lewis Hamilton foi o terceiro com Nico Rosberg em quarto.

A chuva enganou os meteorologistas e decepcionou aqueles que queriam um pouco de emoção no GP da Bélgica, hoje ela resolveu tirar folga da Fórmula 1 e não apareceu em Spa. Com isto Vettel cumpriu o roteiro do final de semana, com o asfalto seco. Não foi só uma vitória de 25 pontos e sim um triunfo moral. As férias acabaram e ele mostrou que estas últimas semanas foram só de descanso e nenhuma surpresa foi preparada. Agora tem 46 pontos de vantagem para Alonso e 58 de Hamilton. Kimi Räikkönen com problemas de freio abandonou. Só um fato novo vai tirar o titulo do alemão. Tem o melhor carro e já mostrou que não deixa a cabeça sair do lugar nestas circunstâncias. O titulo pode vir com duas ou três provas de antecipação.

Fora o passeio do Vettel, vimos uma ótima prova do Fernando Alosno, que mesmo chatinho, complicado e até arrogante fora das pistas, é um piloto que tem de ser valorizado por qualquer equipe. Saiu de nono para chegar em segundo, ninguém que estava a sua frente abandonou, foi passando um por um. Uma das melhores provas dele no ano. Felipe Massa largou mal e depois reclamou de problemas no volante. Foi apagado o tempo todo. Mesmo se não tivesse esta deficiência em seu carro não faria muita coisa. Quem esperava uma reação neste fim de semana se frustrou mais uma vez. Não foi meu caso.

Agora fico com esperanças de ver logo mais na Fórmual Indy, uma prova com melhores brigas pela liderança. Porque hoje, na Fórmula 1, disputa mesmo só nas posições intermediarias. Nem o belo circuito de Spa deu jeito.

*Estaremos juntos no GP de Sonoma da Indy. A Band mostra logo depois do futebol.


Chuva coloca emoção e Hamilton surpreende
Comentários 4

Téo José

O treino no circuito de Spa, para o GP da Bélgica, começou com a pista pouco molhada – o que deixou a expectativa de que algumas surpresas poderiam acontecer. Nos últimos cinco minutos da primeira parte estava praticamente seca. No fim, nada de anormal.

Na segunda parte, com o piso 95% seco, também não tivemos nada de anormal.

Já na terceira parte a chuva voltou em alguns pontos e não muito forte. Por isso muita gente saiu rapidamente com pneus slick, tentando aproveitar a condição úmida. Muito trafego e todo mundo abortando a primeira passagem.

Troca de pneus e sete minutos para definição. Paul di Resta foi o primeiro a fechar uma volta, a pista estava em melhores condições e por isso fez um bom tempo. No finalzinho a pista melhorou e tudo teve uma nova cara.

Lewis Hamilton, o ultimo a fechar a volta, ficou em primeiro com Vettel em segundo e Webber em terceiro. Nico Rosberg foi o quarto.

Com a pista seca, a Red Bull é a grande favorita. Hamilton fez a quinta pole no ano e oitava da Mercedes. Tem chances, mas boto mais fé no Nico em caso de chuva.

A Ferrari, além de não ter um carro muito competitivo, deu azar nos momentos que seus pilotos foram para pista. Alonso foi o nono e Massa o décimo.

Pela previsão de tempo, deve ser uma corrida cheia de alternativas porque deveremos ter momentos de chuva e até voltas com sol. Sintoma de uma corrida bem interessante.

Veja o grid e acompanhe a cobertura no Amigos da Velocidade. Clique


Equilíbrio na Indy em Sonoma
Comentários Comente

Téo José

Neste domingo acontece o GP de Sonoma da Fórmula Indy. Circuito misto, onde o desgaste dos pneus é uma preocupação. Ontem tivemos dois treinos livres, o mais rápido do dia foi Scott Dixon, da Chip Ganassi. Ele é o vice líder atual 31 pontos atrás do Helio Castroneves, o segundo nas sessões de sexta e muito feliz com o rendimento do seu carro da Penske. A equipe sempre se dá bem neste circuito, tanto que Will Power ficou em terceiro. Ryan Hunter-Reay, da Andretti, foi o quarto. Ele é o terceiro na pontuação.

Tony Kanaan foi o 19°. A equipe KV Racing está bem distante de um bom acerto.

Hoje é a definição do grid. Este equilíbrio deve permanecer, mas vejo a Penske muito forte e não tenham dúvidas que o trabalho todo é para o Hélio. Depois desta etapa, faltarão só mais quatro provas. Três em circuitos de rua (Baltimore e rodada dupla em Houston) e uma em oval longo (Fontana).

A diferença pode parecer grande, mas na Indy 31 pontos podem sumir em uma única etapa. A vitória vale 50. O importante é Helio terminar na frente dos dois principais adversários, agora é correr só de olho no objetivo maior. Titulo que ele ainda não tem na sua carreira.

Estaremos juntos na Band, com Felipe Giaffone, e com a corrida ao vivo, logo depois do futebol.

Confira a cobertura no Amigos da Velocidade. Clique


Sem chuva, pode ter passeio da Red Bull
Comentários 5

Téo José

Hoje vou dividir nosso espaço em dois assuntos. O primeiro, o dia de treinos no GP da Bélgica da Fórmula 1. O segundo, o destino de Kimi Raikkonen.

No circuito de Spa, o que vimos hoje foi um total domínio da Red Bull, com Sebastian Vettel em primeiro e menos de um décimo atrás Mark Webber. Quase um segundo depois apareceu Romain Grosjean, da Lotus. Felipe Massa foi o quarto. Na primeira sessão, com boa parte do tempo com a pista úmida, Fernando Alonso tinha sido o mais rápido. Este circuito não é dos preferidos do espanhol, que nunca venceu lá com a F-1. Massa tem uma boa chance de andar na frente do seu companheiro e precisa.

Tá certo que a sexta-feira nem sempre é o termômetro para corrida, mas quase sempre deixa uma tendência e hoje diria que é maior. Colocar mais de oito décimos na segunda equipe e bem significante. Existe a possibilidade de chuva no domingo, sem ela a Red Bull pode dar um passeio pelo longo e belo circuito. A superioridade e a forma como virava rápido quando queria, me deixou a clara impressão de que vai ser muito complicado Lotus, Mercedes e Ferrari encontrarem o caminho para um acerto que vire o jogo. O carro da Red Bull é superior.

A preocupação foi um pneu furado do Vettel nos minutos finais do treino. Em Spa temos compostos médios e duros. A pista é exigente, não só por ser longa demais, mas também pelas curvas de alta velocidade. As zebras ainda têm características dos antigos circuitos, são baixas e feitas para serem utilizadas como pista, não exigem tanto. O problema é o esforço com velocidades elevadas e temperaturas lá em cima. Ficou um alerta para prova.

Confira os dez primeiros em Spa-Francorchamps:
1.Sebastian Vettel – Red Bull, 1min49s331 – 22 voltas
2.Mark Webber – Red Bull, 1min49s390 – 34
3.Romain Grosjean – Lotus, 1min50s149 – 34
4.Felipe Massa – Ferrari, 1min50s164 – 27
5.Jean-Eric Vergne – Toro Rosso, 1min50s253 – 28
6.Kimi Raikkonen – Lotus, 1min50s318 – 33
7.Fernando Alonso – Ferrari, 1min50s510 – 21
8.Sergio Perez – McLaren, 1min50s536 – 27
9.Nico Rosberg – Mercedes, 1min50s601 – 33
10.Paul Di Resta – Force India, 1min50s611 – 27

O segundo assunto é a casa de Kimi Räikkönen em 2014. Muita coisa foi dita ontem e hoje na Bélgica. Tem gente despistando e gente com jogo pesado. Ainda acho que vai desembarcar na Ferrari. Internamente alguns já têm duvidas de que Alonso seria o líder para levar o time ao titulo, por isso a chegada de um outro piloto muito forte poderia ser a solução, caso as desconfianças se confirmem. Massa tem bom relacionamento interno, mas faltam resultados. No Lado da Red Bull os diretores de maior peso querem um piloto mais jovem. Daniel Ricciardo está na frente. Como disse outro dia, até o fim do mês que vem teremos estas respostas.


Tudo dominado
Comentários 15

Téo José

Pelas noticias que estão circulando na imprensa mundial, as duas vagas mais cobiçadas na Fórmula 1 em 2014 parecem já ter donos.

Daniel Ricciardo (fala-se Ricardo), piloto australiano, de 24 anos, da Toro Rosso, volta para Red Bull, agora como titular. Vai ser o substituto de Mark Webber, e tem uma trajetória até agora , parecida com a de Sebastian Vettel, sendo trabalhado pela Red Bull em seu programa de jovens.

Kimi Räikkönen retorna para Ferrari. A Lotus tem problemas financeiros e parece que chegou no seu topo, tendência de cair no próximo ano. Kimi, pelas suas características, muito na dele, não deve incomodar Alonso fora das pistas e de certa forma vai fazer o espanhol se mexer mais. Eu boto fé nestas duas informações. Acredito que este será o caminho e tudo deve ser divulgado até o fim de setembro.

A pergunta que fica é: para onde vai Felipe Massa? Neste momento digo que não terá vida fácil.


Bota: um Líder que precisa crescer
Comentários 8

Téo José

O Botafogo terminou mais uma rodada do Campeonato Brasileiro na liderança, mas ainda é um time que oscila em algumas partidas. Ontem, na vitória contra a Portuguesa repetiu o enredo. No primeiro tempo Jefferson, novamente em sua melhor fase, foi o responsável pela equipe não terminar atrás. Além do mais, vimos um time muito nervoso. Tá certo que a atuação do arbitro Alício Pena Júnior foi confusa, principalmente na parte inicial, mas isto vai se passar em muitas partidas. Não temos uma arbitragem com padrão no Brasil. Seedorf é um craque, líder, segundo treinador dentro de campo, merece todos os elogios, faz bem para os companheiros, mas não pode se exceder como fez ontem, principalmente com o garoto bom de bola, Gilberto. Me parece o caso do ministro Barbosa, tem inúmeras qualidades, mas isto não lhe dá o direito de excessos.

Botafogo e Cruzeiro são os times que mostram o melhor futebol até agora, não por acaso estão em cima da tabela. Só que para o Botafogo chegar em dezembro ainda na ponta, precisa ser mais consistente e com menos oscilações. Alguns dados do jogo de ontem mostram isto. A Portuguesa, na zona de rebaixamento e com 13 jogadores como desfalques na partida, tanto que o lateral Luís Ricardo jogou na frente, como um atacante, fez menos faltas, teve quatro vezes mais o número de escanteios, finalizou mais do que o dobro, cruzou e lançou mais e ainda teve mais acertos nos passes. Sim, o que vale é o resultado, mas estes fundamentos são prova que o líder teve um jogo parelho com um dos últimos colocados e recheado de desfalques.

O Botafogo é um time que pode e deve render bem mais, tem potencial para isto e o momento do crescimento é agora. Sendo mais consistente e com menos oscilação é o time a ser batido, mesmo com um banco de reservas inferior ao do Cruzeiro. Fico feliz também em ver a garotada com espaço. No time atual Gilberto, Dória, Gabriel e Vitinho vieram da base. Principalmente Dória e Vitinho estão fazendo a diferença e olhos bem abertos para o Gilberto. Marca muito e não tem medo de tentar chegar ao fundo. Dá mostras de ser aquele velho lateral do futebol brasileiro, tão escasso nos dias de hoje.


Mala no corredor 2
Comentários 14

Téo José

Passando um dia, vamos falar da noticia trazida pelo jornal finlandês lta-Sanomat. O periódico crava a chegada de Kimi Raikkonen na Ferrari, no lugar do Felipe Massa. Esta publicação tem dado notas sobre Kimi e acertado. A Ferrari hoje desmentiu, mas também não garantiu a permanência do brasileiro. Na verdade a situação do Massa é bem complicada. Ele diz que o recesso atual vai ser fundamental para sua recuperação. Pode ser tarde. No mundo da Fórmula 1 agosto é tido como mês de negociações, setembro se fecham contratos e outubro rolam os anúncios. Nesses contratos, em muitos casos, tem clausulas de rendimento até agosto, para as duas partes.

Vou ficar surpreso se Felipe continuar, já teve muita colher de chá e vem fracassando. Depois da chegada do Alonso sua performance ficou bem abaixo. Já teve inúmeras chances e não correspondeu. Pode até não ser o Kimi, Jules Bianchi, piloto que está no projeto dos jovens da Ferrari, é um nome sempre comentado. Eu mesmo acreditava que ele fosse a escolha. Agora com a crise financeira na Lotus e os bons resultados de Kimi, vejo que o jogo mudou e a Ferrari tem grandes possibilidades de ter em 2014 o finlandês e Fernando Alonso.

Massa deve ficar a pé e não vejo muitas chances de aparecer na Red Bull, no lugar do Mark Webber. Ali acredito em aposta em alguém mais jovem, que possa ter a mesma trajetória do Vettel.